CLOSE
Back To Top

Fuga e Retorno de NYC

Cerca de 8 milhões de New Yorkers já foram vacinados. Nós chegamos do outro lado da pandemia onde pessoas escolhem não tomar a vacina, por que, o que é a pior coisa que pode acontecer ou microchips ou qualquer outra bobagem enorme. Mas, na terra dos livres e lar dos bravos, você, aparentemente, faz o que quer.

A reabertura está longe de ser universal. A Broadway League disse que a maioria dos teatros permanecerá fechada até dia 14 de setembro. E embora algumas grandes companhias como Goldman Sachs e JPMorgan Chase esperem trazer seus trabalhadores de volta nas próximas semanas, muitas das maiores corporações da cidade continuaram planejando fases lentas de reabertura.

Cerca de 16 por cento dos trabalhadores de escritório na região da cidade de New York foram para o escritório durante a última semana de abril, um aumento de 10 por cento no verão passado, de acordo com a Kastle Systems, uma empresa de segurança de escritórios que rastreia furtos de segurança de funcionários em alguns edifícios. Apenas São Francisco tem uma taxa mais baixa entre as maiores áreas metropolitanas do país.

Esquina da Greenwich St & W 11th St @sincerelymaureen

Com a reabertura da cidade, os muitos funcionários que trabalharam em casa nos últimos 14 meses e estão cada vez mais alarmados com relatos de aumento da criminalidade podem ser incentivados a voltar ao trabalho, disse Kathryn Wylde, presidente da Partnership for New York City.

“O crime não é nada como em 1990 – é uma fração, mas as pessoas se acostumaram com o fato de sermos uma cidade muito segura e estão realmente chateadas com a deterioração”, disse ela. “O que pode não ser justo. As pessoas estão tão tensas e tão incertas sobre seu próprio futuro que todas essas situações são exageradas. ”

Meu amigos já estão fazendo planos pra alugar casa em um lago, comprando ingressos para shows e planejando festas de casamento. Eu já acho o supermercado cheio de mais, imagina fazer planos pro Governors Ball?! Falando nisso, R.I.P. Post Malone que já tava como um dos headliners.

Falando em reabertura de New York, tem uma pancada de shows que você pode ir, pessoalmente, com outras pessoas enquanto outras pessoas estarão lá também? Soa estranho, mas pelo menos é ao vivo. Não se preocupe, os streams continuam.

Modest Mouse tem música nova. No Sultan Room, Palberta comemora o lançamento de material novo. Elsewhere no Brooklyn, mistura shows em pessoa e streaming. Outros eventos estão rolando no meio da rua mesmo, como no projeto Open Culture. Esse show aqui vai rolar na esquina do meu apartamento.

Um novo trabalho do artista conceitual Sandord Biggers que com certeza chamará muitas cabeças foi instalado na entrada do Channel Gardens no Rockefeller Center. Oracle – uma escultura de bronze fundido de quase 8 metros de altura que pesa mais de 6 toneladas – é uma continuação da série “Chimera” de Biggers.

Classificados, Bushwick (no Brooklyn): More numa igreja convertida num duplex por apenas 17 mil reais por mês (o proprietário só aceita o aluguel em dólares.).

Antes que eu me esqueça: A cerimônia do Oscars 2021, dirigida por Steven Soderbergh, foi um tédio e um fiasco. A pior audiência da história do evento com uma homenagem ensaida ao Spike Lee com direito a Glenn Close mexendo as cadeiras. Soderbergh, como todo o resto do mundo, foi pego de surpresa pela vitória do Anthony Hopkins. Os dois com atuações imaculadas. Mas o Soderbergh mudou as peças de lugar pra deixar a esperada vitória de Chadwick Boseman como prato principal. Deu no que deu. Hopkins tava em sua casa no País de Gales LOL.

Bônus: gatinho de bodega.